Blog de jagasw


29/08/2011


aqui deixo registrada fotos do terreno tiradas no dia 30/04/2010 logo que foi detectada a invasão agora so mesmo na justiça para retiralos e passados 1 e1/2 nada aconteceu

http://jagasw.nafoto.net/

Escrito por jagasw às 14h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/04/2010


acredito q todo esse embrolio pode servir para uma coisa boa, existem pessoas bem intencionadas
em todas as missoes mas é preciso q as pessoas não se omitam e lutem pelo q acreditam, a
consciencia de krshna é algo muito valioso e puro, e não é algo barato, por isso é dever de quem
tem amor por essa filosofia não deixar que a subversão de Kali yuga penetre e corrompa os tratos
devocionais, isso é o minimo q podemos exigir de qem se propõe a lidar com bens obtidos com a fé 
e destinos espirituais.
  
ESSE FOI O EMAIL INICIAL QUE MANDEI PARA ALGUNS DEVOTOS,
Q SE MULTIPLICOU ATE CHEGAR A LIDERES
Em 22/04/2010 20:17, *jagasw < Saiba mais') }" rel="nofollow" href="javascr
ipt:void(0);">jagasw@bol.com. br >* escreveu:

*Srila prabhupada tem um patrimonio de 500.000,00 que esta sendo roubado***

Caros vaishnavas, humildes pranams

O motivo ao qual me reporto a vocês é colocar a publico a seguinte
situação, existe um terreno de 5.000 mil metros comprado na cidade de embu
das artes no ano de 1991, com o objetivo de erguer um templo védico no
local, como vemos na india e em outros paises do mundo. Nesses 19 anos,
após diversas administrações a propriedade já teria sido vendida, se os
documentos estivessem em ordem e certamente todos os esforços para
consegui-lo teriam sido diluidos. Nesses anos foram pagos apenas 7 anos de
IPTU. Ficando a propriedade abandonada pois nenhuma dessas administrações
teve in teresse em levar adiante o projeto.

O que ocorre agora após 19 anos, um advogado da região, vendo um terreno de
tal porte que atualmente vale 100,00reais o Metro, colocou 2 peões para
cercar o terreno e ficarem acampados no local. O imovel tem como doc. um
contrato de compra e venda em nome de Ronaldo cury Franco(então mah.
Rasananda) q era o lider da epoca que ao que se sabe deixou uma procuração
em nome de prabhu Adwaya que é advogado e encarregado dessa parte
legal. Assim
que constatamos a invasão, imediatamente tentamos mobilizar a administração
do templo de sp em busca de apoio legal para imediatamente neutralizar a
ação dos invasores porém estranhamente os mesmos se alegaram impedidos de
agir e que o poder de decisão estava fora de sua alçada e me indicaram
procurar o Prabhu Adwaya que tem os documentos e procuração. Já Adwaya
prabhu diz que não faria nada se não fosse autorizado por Paramahansa
prabhu
que teria sido a pessoa que lhe entregou os documentos e que para resolver
todos os problemas juridicos do caso queria receber os honorarios
advocaticios, no valor de 4.000,00reais . Procurando o prabhu paramahansa
este colocou que a divergencia entre eles (Prabhu adwaya e paramahansa) com
a nova administração seria a existencia de um fundo destinado a compra de
um novo imovel o qual eles queriam que fosse usado para pagar os honorarios
de Adwaya prabhu o que seria objetado pela atua l administração. Dessa forma
ele diz que não tinha mais nada a ver com este assunto que não fazia mais
parte da administração e que tudo teria de ser resolvido pelos novos
responsaveis e inclusive não iria mais nos atender.

Nesse jogo de empurra o unico que esta levando vantagem é um espertalhão que
tendo se apercebido da falta de união dos devotos já esta terminando de
fazer a cerca e se apropiando de uma propiedade que foi comprada para o
beneficio de Srila Prabhupada e dos devotos.

Essa propiedade foi conseguida por meio de muito esforço dos devotos e de
minha parte que iniciei o projeto e durante 6 meses criei varios programas
para arrecadação de fundos, levando devotos externos aos fins de semana e
num momento todos os devotos se empenharam fazendo uma maratona na qual eu
mesmo ficava nas ruas das oito da manhã a meia noite diariamente, coletando
uma media diaria de 300 dolares diarios.

MInha intenção, de levar isso tudo a publico é participar a toda a
comunidade vaishnava que possa intervir junto as partes em questão para uma
solução urgente de forma a neutralizar a ação de tais invasores apelando a
esses devotos que tem a solução nas mãos e que estranhamente se omitem de
faze-lo, já que se propuseram a aceitar a responsabilidade de representar a
comunidade dos devotos coloquem os seus desejos pessoais em segundo plano.
Quanto maior seja o numero de cobrança de uma solução maior sera a
responsabilidade dessas pessoas que verão que as coisas não estarão
acontecendo de forma oculta estando a comunidade de devotos ao par de toda a
situação. Assim, quem puder se comunicar com esses devotos pedindo
esclarecimentos a esse respeito e requisitando uma solução pratica e urgente
ajudara a impelir os mesmos a não negligenciarem a responsabilidade assumida
diante da comunidade vaishnava.

Segue então os nomes e contatos dos devotos citados nesta : prabhu Adwaya
fone: 11-6444-4440* *; paramahansa: 11-2062-3189,
Saiba mais') }" rel="nofollow" href="javascript:void(0);">http://www.orkut
. com.br/Main# Profile?uid= 5044951484545048 843email:
Saiba mais') }" rel="nofollow" href="javascript:void(0);">paramahams2@
mail.com ;Prabhu dasananda: 11- 3105-6059* *tirthatma:
11-8118-3683
Para maiores esclarecimentos e contatos deixo tambem meu fones
11-3862-1432* * e 11-8519-5745* * email Saiba mais') }" rel="
ofollow" href="javascript:void(0);">jagasw@bol.com. br. Sem mais
desejando ajudar no progresso da conciencia de Krshna e do movimento de
Srila Prabhupada, agradeço a atenção dispensada e me coloco a disposição.

de um aspirante caido

jagannath swami das


De:Rama Kumara Das
Para:

yamuna@digizap.com.br,yamunacarya2@yahoo.

com.br,gd@pandavas.org.br,mathuranatha@

terra.com.br,mathuranatha@yahoo.com.br,

Mayapur Candra das,giovanni@petrobras.com.br

,Lilananda (das) ACBSP (Alachua, FL - US),jaygokulada


Data:23/04/2010 00:39
Assunto:Fwd: Re: Haribol! protestem contra esta negligencia
Reverencias devotos
Todas as glorias a Srila Prabhupada

Recebi este importante e-mail onde o problema precisa ser tratado, encaminho para voces que são autoridades na esperança que isso seja resolvido, pois ajudei tambem a comprar este terreno com muito suor e tambem me sinto na obrigação de ajudar.

Estou a disposição.

Do servo Rama Kumara das
De:Lilananda dasa
Para:rama.rkm@gmail.com
Cópia:jagasw@bol.com.br,'Chandramukha Swami','Iswara Eneas Guerriero',lokasaksi@gmail.com,'Mayapur Candra das','Prahladesh Dasa Adhikari',yamuna@digizap.com.br,prahladesh_das_hdg@yahoo.com,cgbcomunica@iskconcgb.net,dswami@iskcon.com.br,eneasgu
Data:23/04/2010 11:19
Assunto:RE: Re: Haribol! protestem contra esta negligencia
Estimado Rama Kumara Prabhu:

Por favor aceite minhas humildes reverências. Todas as glórias a Srila
Prabhupada, o Fundador-Acarya da grande ISKCON!


Eu enviei este e-mail para Advaya Prabhu pois creio que ele possa ajudar.

Seu servo e amigo,

Lilananda dasa
Organizador do Brazilian Forum
SKYPE: lilanandadasa
WLM: joe.santos@pamho.net
www.youtube.com\lilanandadasa
lilananda.ACSP@pamho.net

Escrito por jagasw às 23h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

AQI PRABHU ADVAYA  INICIA A SUA DEFESA PRA SE JUSTIFICAR DE SUAS ATITUDES OU NÃO ATITUDES: 

vaishnavas
dandavats

Todas as glórias a Srila Prabhupada!
 
Fiquei surpreso ao receber por encaminhamento o email abaixo, em que, de maneira direta, sou acusado de negligência por Prabhu Jaganatha Swami.
 
Esta semana eu atendi um telefonema dele e outro de prabhu Jagad Guru Dasa, que residem no Embu, que informaram sobre uma invasão, e expliquei resumidamente a situação do terreno.
 
Informei que tenho uma procuração de Prabhu Rasananda para a defesa em uma ação de cobrança do IPTU. Esta procuração foi enviada ano passado.
 
Na mesma ocasião, prabhu Paramahamsa havia me entregado os documentos do terreno para uma análise e verifiquei que o que faltava era iniciar os procedimentos de regularização formal da compra nos cartórios respectivos.
 
Em uma reunião com membros do Iskcon Justiça, entres os quais estão membros do São Paulo Mandir, fiz um relatório da situação, e ficou decidido que incumbiriam um algum advogado para tratar do caso, pois eu havia dito que para mim seria difícil atuar de São Bernardo do Campo, onde resido, no Embu, sem cobrar honorários, e talvez fosse mais viável ter um advogado que residisse mais perto.
 
Portanto, como não faço parte da direção do templo de São Paulo nem me foi dada procuração para atuar na defesa do terreno, seja quanto ao IPTU, seja neste recente episódio, considero difamatório o email que está veiculando sem que uma cópia tivesse sido enviada a mim.
 
Eu atendi Prabhu Jaganatha com toda a cortesia e solicitude e surpreendeu-me sua atitude, provavelmente tomada porque me recusei a enviar cópia de qualquer documento sem autorização de quem os entregou a mim, o que está de acordo com a ética profissional a ser seguida por um advogado.
 
Ele colocou meu telefone no email e já recebi vários emails e ligações de devotos preocupados com a situação.
 
Já enviei um relatório da questão que envolve o terreno aos membros do CGB da Iskcon. O assunto deverá ser tratado juridicamente pela direção do templo de São Paulo. Fui consultado sobre um orçamento para a realização dos serviços, mas até agora não houve nenhum tipo de contratação. Portanto, não posso ser negligente em algo que não me cabe decidir.
 
Com muito esforço cursei Direito em idade já avançada e não posso admitir este tipo de difamação. Independentemente das questões judiciais que envolvem o assunto, que devem ser tratadas pela direção do São Paulo Yatra, a quem devem ser dirigidos os pedidos de informação, reservo-me o direito de preservar o meu nome como profissional de Direito, que foi maculado com a acusação difamatória.
 
Ao contrário de Prabhu Jaganatha, que fez circular email mencionando minha pessoa sem me dar a oportunidade de defesa, pois não me incluiu entre os destinatários, este email está sendo enviado com cópia para ele.
Fiquei sabendo do assunto porque recebi o email em encaminhamento por prabhu Lilananda, que o recebeu de Prabhu Rama Kumara que também encaminhara o email de Prabhu Jaganatha a vários devotos sem enviar cópia para mim, embora tenha meu endereço de email.
 
Conversei hoje com Prabhu Jaganatha ao telefone e ele me disse que não enviou o email para mim porque não tinha meu endereço. No entanto, como sou pessoa conhecida no movimento, seria de boa praxe tentar obter meu endereço com qualquer devoto, inclusive um dos muitos destinatários a quem enviou o email, para então fazer circular seu email difamatório. Mas a intenção era nitidamente outra, pois se conseguiu meu telefone poderia também conseguir o meu email se quisesse me dar o direito de resposta imediata à circulação do email em questão, bem como a suas postagens em fóruns dos quais não participo.
 
No email ele fala de divergências entre eu e o templo e a direção do templo de São Paulo que nunca existiram, tanto que trabalho diariamente no Iskcon Justiça com prabhus Dasananda e Ananda-maya e fui contatado por prabhu Tirthatma para dar um orçamento para atuação judicial e extrajudicial nos casos.
 
Informei a Prabhu Jaganatha que moverei uma ação contra ele por difamação.
 
Quanto ao conteúdo subjacente, trata-se de um problema - como tantos outros - que merece atenção. Mas a decisão sobre isto cabe a quem tem poder de decidir, inclusive quanto a contratar ou não meus serviços como profissional. Desejo boa sorte a quem quer que se designe para atuar no caso, pois desde o início eu obtive a procuração de Prabhu Rasananda, que mora nos Estados Unidos, com a intenção de substabelecê-la a quem a direção do São Paulo Yatra designar.
 
Espero que alguma boa alma que participe dos fóruns de que não participo e em que foi vinculada esta mensagem abaixo faça o favor de reproduzir meus esclarecimento, por amor à verdade ou à livre oportunidade de as pessoas terem o direito de resposta quando são atacadas.
 
 
seu servo
Advaya Dasa
AGORA VAI A MINHA RESPOSTA A PRABHU ADUAYA; ENVIADO  A TODOS OS VAISHNAVAS Q FORAM ALERTADOS NO INICIO:
Caros Prabhu Aduaya das
aceite minhas humildes reverencias,


         Lamento q tenhas se sentido tão ofendido por eu ter da forma q me foi possivel, tentado participar a comunidade hare krshna em geral uma situação q urge de solução e q pelo q sei ate o momento nenhuma resolução efetiva e pratica por nenhuma da partes em qestão foi feita.  Se uma casa esta pegando fogo, proposital ou acidentalmente, ficamos assistindo isso  acusando um ao outro buscando um culpado ou o q fazemos em primeiro lugar é apagar o fogo e salvar o q ainda nos é possivel salvar?    Já se passaram sete dias de quando entrei em contato com dasanada prabhu, paramahansa e o Senhor, e se uma atitude fosse imediatamente tomada os invasores não teriam nem mesmo a chance de terminar a cerca q foi começada no mesmo dia q denunciei a ação.  Acredito q qqer devoto q tem fé e amor a missão de Srila Prabhupada, pode compreender a minha intenção q não é de caluniar ou criticar qem qer q seja e sim concientizar e mobilizar as pessoas interressadas no progresso da conciencia de Kshna, a agir de forma rapida e efetiva para q  tanto esforço dos devotos q soaram para obter esse espaço para pratica de bakti,não seja jogado no ralo.       
           Acabei de ter uma conversa com prabhu dasananda ele me relatou q a administração de sp. tem uma lista de advogados da iskcon justiça q se dispoe a atuar no caso e eles estão decidindo qual o advogado tem o orçamento mais viavel, e q ELES TEM ATÉ UM ANO PRA ENTRAR COM AÇÃO PARA RETIRADA DOS INVASORES e é para mim não me preocupar.  Agora,essa inoperancia e desapego se deve a q ? Não há ninguem no rol desses devotos q se preze ao menos a demonstrar zelo por algo q foi conseguido com tanto esforço? ou será q há outras intenções q ainda estão encobertas? 
           Caro prabhu me perdoe meu ataqe  não é pessoal contra o senhor q pessoalmente não conheço mas q ate onde sei foi um dos grdes guerreiros e pioneiros da nossa missão, mas sim a falta de zelo e inoperancia pois se eles não tem capacidade tempo ou qqer outra justificativa o pouco q fiz de multiplicar esses fatos já causou grde indignação em várias pessoas(duas delas q atuam na area de comunicação se prontificaram a denunciar a midia) e dois advogados devotos tb iniciados na iskcon, se prontificaram a atuar na questão sem impor barreiras orçamentárias, mas será q precisamos tanto desgaste para algo q poderia ser resolvido de forma imediata já no primeiro dia em q foi detectada a ação dos invasores. Ao inves de divergencias pq não criarmos um plano de ação convergente estabelecendo o objetivo sublime para oprazer de srila Prabhupada, ao inves do senhor me processar ou nósprocessarmos os que tem poder de ação e não fazem, nos juntemos contra nosso verdadeiro e suposto inimigo q é o invasor do terreno ou ao inves chegarmos ao ponto de expor essas mazelas diante da opinião publica mostrando a falta de união dos devotos de krshna e comprometendo nosso ideal filosofico, nos unamos para a formação do projeto de um dhama, em q se adore as formas divinas do Senhor Hari de acordo com os preceitos e ensinamentos dados por nosso amado acharya Baktivedanta Swami Prabhupad. 
             Sei q a discusão desse assunto esta sendo enviada tb a varios lideres da comunidade brasileira, assim apelo q alguns destes se manifeste e interceda pela pronta resolução desta qestão tão importante, fazendo com q este assunto, q pode repercutir negativamente seja superado e possamos nos unir pela sublime meta de glorificar a krshna e seus devotos.
             Qto sua referencia aos foruns em q postei este assunto, como foi reqisitado por vos, foi postada a sua 'defesa' nos mesmos por mim mesmo, ja q o assunto é de interesse publico, é necessário q todos os fatos sejam apresentados.
             Esperando a compreensão e atenção de todos os responsaveis me depeço, colocando-me a disposição de fazer o q for necessario pra elucidar qem qer q seja do assunto, para pronta resolução.
do aspirante
     jagannatha s daS
DE ADUAYA A JAGANNATH
O que eu teria a dizer sobre este email já está dito abaixo: não posso atuar no caso sem a delegação do São Paulo Yatra, cuja administração está ciente do problema e iniciando as providências necessárias, o que não implica agir de acordo com o açodamento de ninguém.
 
Não se apaga incêndio com mais fogo. 
 
A comunicação da suposta invasão foi feita há menos de dez dias, e temos até um ano e um dia para retirar do local quem quer que seja por medida liminar.
 
Para a tranquilidade de todos, limito-me a informar que os documentos necessários para atuar juridicamente no assunto estão sendo providenciados e, tão logo estejam disponíveis, as medidas necessárias serão tomadas, independentemente de quem seja incumbido de representar a Iskcon judicialmente no caso.
 
seu servo
Advaya Dasa
 

José A. M. Cavalcante

OAB/SP 288.774

Tel/Fax. 55 11 2831-4027
Cel. 1    55 11 6444-4440 (Tim)
Cel. 2    55 11 6758-5951 (Oi)

Cel 3     55 11 8866-8254 (Claro)

Skype jamcavalcante


ESSE É RAMA KUMAR PARA ADVAYA:

Queridos devotos

Por favor aceitem minhas reverencias

Todas as glorias sejam a Srila Prabhupada.

 Lamento por repassar o e-mail que recebi do Prabhu Jagannatha  para algumas autoridades referente ao terreno do Embu -SP sem copiar os devotos citados, mas desejo que este assunto do terreno seja  tratado sem nos focarmos em encontrar um culpado e sim termos como objetivo a solução correta.

Sabemos das dificuldades de muitos  templos para pagar alugueis ou manter qualquer tipo de projeto dependendo de voluntários.

O terreno do Embu  surgiu com o comando de P. Rasananda  e dedicação de muitos devotos que acreditaram nessa conquista, esse esforço tem de ter valido a pena,não pode ser esquecido e mudar o rumo pelo qual ele foi adquirido.

O P. Jagannatha por iniciativa própria correu para proteger um bem de Prabhupada, mas na correria as vezes assusta ou magoa alguém.

Agora que já estamos  por dentro do problema vamos trata-lo para o bem da ISKCON.

Espero contribuir com a união para os interesses de Srila Prabhupada.

 

A disposição de todos vocês.

Rama Kumara das

Escrito por jagasw às 23h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

PARAMAHANSA PARA RAMA KUMARA:


De: paulo santos <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">paramahams1@yahoo.com.br>
Para: Rama Kumara Das <
Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">rama.rkm@gmail.com>; José Cavalcante <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">joseamcavalcante@yahoo.com.br>; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">alina@ortolani.com.br; Daniel Mendes Ortolani <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">daniel@ortolani.com.br>; Avyakta Rupa <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">avyakta-rupa@subhadra.com.br>; dario alves correa netto correa <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">devadas@ibest.com.br>; Tirthatma Nitai (das) JPS (Adi-Templo Sao Paulo - BR) <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">tirthatma.nitai.jps@pamho.net>
Cc: Lilananda dasa <
Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">Lilananda.ACBSP@pamho.net>; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">jagasw@bol.com.br; Loka Saksi Dasa <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">lokasaksi@gmail.com>; Yamunacarya <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">yamuna@digizap.com.br>; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">prahladesh.das.hdg@gmail.com; Dhanvantari Swami <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">dswami@iskcon.com.br>; Eneas Guerriero <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">eneasguerriero@googlemail.com>; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">jaygokuladas@hotmail.com; Giridhari Das <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">gd@pandavas.org.br>; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">mathuranatha@terra.com.br; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">giovanni@petrobras.com.br; Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">prthudas@yahoo.com.br
Enviadas: Terça-feira, 27 de Abril de 2010 11:24:08
Assunto: Res: Esclarecimentos sobre o email "Haribol! protestem contra esta negligencia"

 

Todas as glórias as glórias a Srila Prabhupada!!!
 
 
Meu caro Rama kumara, aceite minhas reverências.
 
 
O fato é que o Jaganatha Swami Dasa e Jay Gurudasa, ao tentaram invadir o terreno do Embú, foram surpreendidos por um outro invasor que os puseram literalmente para correr de lá.
Na tentativa desesperada de se aposar do terreno eles tentaram , sem a devida autorização da administração do adi templo ( Tirthatama Nitay, Dasananda e Ananda Maya) e a tudo custo, obter documentos e comprovantes de posse do terreno.
Os dois citados, sem comunicar a administração do adi templo e sem a permissão, foram para o terreno com segundas intenções, contrataram até um trator e foram surpreendidos por um outro grileiro de terra que esta acampado no local.
A situação atual do terreno é grave, porém, é sensato que deixemos de lado o sensacionalismo e pressão sobre a administração do adi templo. Se juntar ao intento frustado de ex-devotos que agiram sem comunicação e a justa permissão dos atuais zeladores do terreno, é querer o não resolver a situação de maneira hábil e correta.
O Prabhu Jay Gurudasa sempre se disse zelador do terreno, porém, quando checamos os cuidados dele para com o terreno, constatamos um montão de irregularidades no zêlo dele, por exemplo: Dez anos de IPTU atrasados.
Na verdade, os dois devotos acima mencionados, nada tem haver com ISKCON, todos sabem que eles fazem parte do Grupo de S.S.NM. Leve em conta o seguinte: Depois que o "rodo-anel" passou pelo Embú das artes, o preço das terras se valorizaram assustadoramente e isso fez crescer os olhos de muita gente gananciosa, tanto conhecidas como desconhecidas pelos devotos. 
Outra coisa Meu caro Prabhu, isto é um puxão de orelha em Vc: As dificuldades em administrar o templo de São Paulo são muitas, quando Vc não puder ajudar, também não atrapalhe. Já diziam os antigos: " Quem acompanha morcego, dorme de cabeça prá baixo".
Da próxima vez que te enviarem algo sobre o adi templo, não saia de cooperador sem antes checar a veracidade do que estão te passando. A meu ver isto se chama inteligência a serviço de Krishna e Vc não é escasso disto. O seu sucesso na comunicação via Internet depende disto. Com toda certeza, as pessoas, daqui por diante, ao receberem um comunicado seu, vão questionar a veracidade e a sua imparcialidade.
Mil desculpas se te ofendi ao expor o quadro acima, mais uma vez te peço: se não puder ajudar em minimizar as reais dificuldades administrativas do adi templo, não se junte a pessoas que se dizem vaishnavas e fazem uso de drogas e pularam fora da ISKCON.
 
Esperando continuar como servo seu e da sua familia, Paramahamsa Dasa.

De: José Cavalcante <Saiba mais') } }" href="javascript:void(0);">joseamcavalcante@yahoo.com.br>
Para: paulo santos <
Saiba mais') } }" href="javascript:void(0);">paramahams1@yahoo.com.br>
Cc: Lilananda dasa <
Saiba mais') } }" href="javascript:void(0);">Lilananda.ACBSP@pamho.net>; Saiba mais') } }" href="javascript:void(0);">jagasw@bol.com.br; Loka Saksi Dasa <Saiba mais') } }" href="javascript:void(0);">lokasaksi@gmail.com>;
Enviadas: Terça-feira, 27 de Abril de 2010 11:36:13
Assunto: Res: Res: Esclarecimentos sobre o email "Haribol! protestem contra esta negligencia"


Parece que há muito coelho nesta toca.
 
Já contatamos Rasananda Prabhu e estamos aguardando a procuração dele para fazer o necessário.
 
Concordo com prabhu Paramahamsa em que houve má-fé de Jaganatha Swami ao não nos incluir na sua mensagem, e essa má-fé foi endossada, mesmo que de boa-fé, por pabhu Rama Kumara ao fazer circular o email que recebeu de JS, sem nos enviar cópia, sob a alegação de buscar providências junto às autoridades.
 
Na minha opinião todo o estardalhaço está acontecendo porque me neguei a entregar cópias de documentos a JS e Jaya Guru Dasa sem autorização de prabhu Paramahamsa e esse, conhecendo a fundo a questão e o envolvimento desses dois devotos, não deu a autorização, o que foi muito sábio de sua parte, pois podemos resolver o problema com nossos meios.
 
seu servo
Advaya Dasa
 

José A. M. Cavalcante

OAB/SP 288.774

De: paulo santos <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">paramahams1@yahoo.com.br>
Data: 27 de abril de 2010 15:35
Assunto: Res: Res: Res: Esclarecimentos sobre o email "Haribol! protestem contra esta negligencia"
Para: José Cavalcante <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">joseamcavalcante@yahoo.com.br>
Cc: Lilananda dasa <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">Lilananda.ACBSP@pamho.net>, Loka Saksi Dasa <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">lokasaksi@gmail.com>, Yamunacarya <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">yamuna@digizap.com.br>, Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">prahladesh.

Todas as glórias a Srila Prabhupada!!!
 
Caro Prabhu Advaya, reverências.
 
Acrescentando: Em rio que tem piranha, jacaré nada de costa e macaco bebe agua de canudo.
Já pensou: ex devotos da ISKCON protegendo um terreno sem participação da administração local, que é quem paga os impostos.
 
Paramahamsa Dasa.
Em 27/04/2010 14:03,


Escrito por jagasw às 17h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 


Em 27/04/2010 14:03, Rama Kumara Das < rama.rkm@gmail.com > escreveu:
Prabhu Paramahamsa e demais devotos por favor aceite minhas reverencias!
Todas as glorias a Srila Prabhupada.

Entendendo a dificuldade em administrar um templo, jamais tentaria prejudicar um templo de nossa ISKCON, voce esta deturpando o conteúdo do email que encaminhei.

O e-mail de P. Jagannatha já estava  circulando muito antes de chegar em meu e-mail e já tinha passado pelo forum  de NM, então esse é mais um motivo para o problema ser tratado com mais urgência!

Encaminhei esse email do Jagannatha para pessoas que possuem autoridade na ISKCON do Brasil e não sai divulgando para qualquer um.
Caso o Sr. tenha alguma coisa contra os devotos que copiei em meu e-mail, sinto muito por chatea-lo.

Eu não inventei ou criei uma historia qualquer, apenas encaminhei um e-mail para devotos maduros, expus  um problema verídico que o Sr. mesmo confirma neste email e acrescenta que na verdade existiram 2 invasões, o que torna o problema ainda mais grave.

Considero qualquer projeto de pregação da ISKCON como importante,mas o caso do templo de  SP é muita importância e precisa de apoio e ajuda.

Quando tenho alguma duvida, posso sim procurar devotos que confio, lembrando que embora tenho uma lista com quase 1000 devotos, escolhi a dedo os devotos que atuam como "líder"

Não tenho o mesmo tempo de movimento que o Sr. e quantidade de serviços, mas vivi nos templos da ISKCON por mais de 24 anos ,sendo 18 anos como brahmacari e ajudei em  varias áreas e departamentos de nossa ISKCON inclusive na adm do templo em SP e  nos últimos 8 anos como grihasta ainda ajudo vários templos , e mesmo se eu estivesse ha apenas 1 dia na ISKCON  entendo que poderia sim repassar um situação suspeita para as autoridades.

Mas, esta bem nítido aqui em seu email que o foco agora nao é solucionar o problema do terreno mas, sim atacar os outros e se defender, este nao teria que ser o foco,pois não foi para esse fim que o email foi encaminhado!

Se o devoto Jagannatha usa droga ou nao, isso nao posso afirmar pois nunca presenciei isso, mas, sabemos que ha muitos devotos com diversos problemas que sao contra os princípios da ISKCON, isso deve ser tratado por outro departamento.

E eu me acho no direito sim de participar do assunto referente ao terreno do Embu, pois eu ajudei a compra-lo também através de muito sankirtan, o Sr. sabia disso?

Então focalize o problema do terreno e nao em atacar os outros!

Sem mais...

  PARAMAHANSA PARA RAMA KUMARA:
Todas as glórias a Srila Prabhupada!!!
 
Meu caro Rama Kumara, Aceite minhas reverências.
 
Se Vc quer acreditar que em vez de pedir explicações aos atuais zeladores do terreno, foi muito bom ter difundido as invenções mentais dos invasores para algumas pessoas escolhidas com seu falho dedo...
 
Será que Vc não esta vendo a coisa da maneira incorreta?
 
Antes deles tentarem invadir o terreno e serem posto para fora, eu já tinha dado o alarme a quem de direito, coloquei a disposição verba para a regularização do terreno e cheguei a coletar com os devotos para quitar parte do IPTU. Tudo isto vc pode checar com os atuais diretores do adi templo.
Aproveitando, outro puxão de orelha: Enquanto vc tiver cultivando picuinhas com a atual administração do adi templo, não vai haver felicidade para sua querida vida bem sucedida de vaishnava nato.
Bato na mesma tecla: Vc só ouviu uma parte reclamante, esta foi sua grave falha! e a outra parte foi vc quem atacou, e antes de falar em ataque, pense na sua atitude parcial, ela foi pior que qualquer ataque corriqueiro do sudra Paramahamsa Dasa.
Outra falha: Prabhu Lilananda (EUA), Prabhu Isvara(ALEMANHA), Prabhu Praladesh
(PORTUGAL), certamente são lideres e devotos relevantes, mais não para a situação atual do terreno, é obvio que algum deles já mandaram vc procurar devotos locais, não é mesmo?
Por favor, pare com este contra senso de que os "segundos invasores" tentaram proteger a propriedade de Srila Prabhupada; eles nem procuraram a administração para comunicarem o ocorrido.
 
Seu servo Paramahamsa Das

Escrito por jagasw às 17h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

email de jagannath para todos devotos e paramahansa 

28/04/2010 01:01 - publicado por jagasw  [ Alterar ]   [ Excluir ]  

Todas as gloria a Sri guru e Gouranga,
Glorias a Sril Prabhupad e todos os devotos de goura!!

Caros vaishnavas, esta propiedade foi conseguida com o sacrificio de varios devotos que tinham a certeza que seu sacrificio estaria frutificado em algo que segundo o ideal vaishnava eh a mais nobre das atividades, qe é propiciar a oportuniddade das entidades viventes possam entrar em contato com a energia pura e divina das atividades e atributos da Suprema personalidade de Deus atraves da relação na forma de archa vigraha(deidades). ou seja a finalidade de nosso sacrificio era pra construção de um templo para Adoração de Sri Hari, a formação de um lugar sagrado.
Existem varias experiencias como franco da rocha e suzano fora dos grdes centros q são referencia em termos de padrão conciente de krshna, acredito que a criação de um dhama na localização em que esta situado o terreno iria funcionar como uma alternativa pra toda a nossa sociedade. O acesso pelo rodoanel da lapa onde estou leva trinta minutos de carro, e há onibus metro clinicas e qdo inaugurar o metro vila sonia ate de onibus ficara suave visitar o templo. Já Ha um ano temos plantado dezenas de pés de fruta no local, para q possa servir como retiro para pratica de bakti com templo e ashram de acordo com padrão védico estabelecido por srila prabhupada e os acharyas previos.
Nos unamos neste proposito, isto significa progresso em conciencia de krshna. Sri hari dhama ki Jay!!!!

Agora vou  com  o melhor da minha da minha paciencia responder a suas acusações tentando não ser indelicado e não baixar o nivel,  dessa discussão q penso eu ser inutil faze-lo, pois não vai levar a nenhum progresso em nosso objetivo ou pelo menos ao meu objetivo q é preservar o q com tanto sacrificio foi conseguido para o beneficio da comunidade e de krshna.
 Mas não posso deixar de rebater os pontos q vc coloca tentando desmoralizar a nos e outros que viram q viram a gravidade da situação e a falta de confiabilidade evidenciada pela maneira com q vc trata a questão. te respondo cada um dos pontos no q se referem a mim: 
"
fato é que o Jaganatha Swami Dasa e Jay Gurudasa, ao tentaram invadir o terreno do Embú, foram surpreendidos por um outro invasor que os puseram literalmente para correr de lá."
  
Me supreende vc dizer oq eh exatamente o contrario do q te relatamos na ocasião da invasão. Não me lembro de te dizer q fomos enxotados ou vc tem uma imaginação tão fertil.   como so estava eu os peões no local e oq houve foi uma conversa pacifica pois não levaria nada ficar brigando  pois estes estavam sendo mandados, me vem a pergunta se tem alguma outra fonte de informação para vc dizer assim com tanta certeza e me parece ate satisfação, q eu por pior aspirante de devoto q seja tenha sido expulsso do lugar q é justamente destinado aos aspirantes e q lutei, no melhor da minha juventude pra conseguir e tentava preserva-la. Me passa a impressão vc  tem alguma relação com estes elementos para falar q fomos enxotados pois de nossa parte vc não ouviu isto,.   A sua intenssão de desqualificar a minha pessoa e a de jay guru, passa a ideia de q esses q são os invasores é q são os seus aliados(e desculpe a minha siceridade, isso não me surpreenderia) e q nos é q somos os vilões, e ate o momento pelo q sei via fone e emails NENHUMA AÇÃO LEGAL FOI ENCAMINHADA CONTRA NINGUEM , Q VCS NÃO TEM NENHUMA PRESSA PARA RESOLVELO POIS A LEI LHES DA 1 ANO E 1 DIA PARA FAZE-LO.
PASSARAM JA 9 DIAS FALTAM muitos DIAS  e se nada acontecer nesse periodo meu consolo é q apesar do desgaste de suportar injurias e agressões gratuitas da sua parte toda a comunidade esta alerta sobre como vai se desenrolar estes fatos e eu estarei lembrando a todos até saber q algo foi feito realmente . 
"Na verdade, os dois devotos acima mencionados, nada tem haver com ISKCON, todos sabem que eles fazem parte do Grupo de S.S.NM

  
Aqui vc tenta levar a coisa para o lado institucional sempre tentando desviar o foco da qestão qerendo nos desqualificar, como se ser iniciado por um devoto do calibre de Srila Narayana Maharaj ja nos coloca como inimigos da iskcon, e q todos tem de participar dessa guerra estupida de missoes q deviam ser irmãs e trabalhar em covergencia como Prabhupada queria; e o mundo ve estupefato missoes irmãs q tem omesmo ideal se degladiando .  Se eu te disser q apesar de admirar ter grdes amigos na missao,  eu não sou iniciado por Srila Narayana maharaj,... e q nem mesmo jay guru o é... A minha visão é q a iskcon esta dentro da goudya sampradaya e q devotos como :
alem do propio  Srila Narayana Maharaj, Srila Sridara maharaj, Srila bakti prajna kesava Maharaj, Srila baktiSundar govinda Maharaj, Srila bakti pramod puri maharaj, Srila Bakti vaibava Puri maharaj e outros fazem parte de uma constelação de mahatmas e são verdadeira fonte de nectar espiritual.  Devo lhe dizer q fui iniciado na iskcon no ano de 1986 e mesmo sem ter uma relação firme com meu guru iniciador guardando todo respeito a sua posição tenho o sentimento de siksha-guru com devotos membros da iskcon como Srila Goura govinda maharaj, srila Bakti swarupa damodara goswami e atualmente  admiro e desejo o darshan de srila mahanidi swami.
E não para por ai tb admiro Srila Paramaduait Swami e sua missão, a Caytanya Sarasvat math e o grupo de Srila Bodayan Maharaj.
Sera q esses devotos imaculados, q estão cada um fazendo oseu serviço da forma q lhes é possivel  podem ser alvo de picuinhas daqles q qerem ocultar seus proprios  erros e propositos mesqinhos desviando pessoas inocentes sucetiveis a influencia. 

"Mil desculpas se te ofendi ao expor o quadro acima, mais uma vez te peço: se não puder ajudar em minimizar as reais dificuldades administrativas do adi templo, não se junte a pessoas que se dizem vaishnavas e fazem uso de drogas e pularam fora da ISKCON"
Aqui vou te responder na medida correta, pois se vc afirma que eu faço uso de drogas de forma aberta são duas opções ou vc já testemunhou pessoalmente tal fato o q  levaria a pensar q vc estaria  junto tb fazendo  uso, ou vc foi leviano o suficiente pra acreditar em alguma desocupada alma maledicente das q vivem por ai tentando criar defeitos e desqualificando os outros. Desculpa eu tenho q te falar isto, qdo vc aponta o dedo pra acusar alguem existem tres q estão virados pra vc mesmo, e isso me faz lembrar a pessoa da sua covivencia q te  fornece incenso, e q em um encontro comigo me relatou que vc toma rabo de galo(acho q ele é mais intimo seu  do q qem te falou sobre mim)... qdo vc focaliza o defeito de alguem vc cria um link trazendo o mesmo para si mesmo.     
Se Vc quer acreditar que em vez de pedir explicações aos atuais zeladores do terreno, foi muito bom ter difundido as invenções mentais dos invasores para algumas pessoas escolhidas com seu falho dedo... Será que Vc não esta vendo a coisa da maneira incorreta?

    Os atuais zeladores(não sei como vc tem coragem de usar esse termo) assim como outros ao longo desses 19 anos e aliás como vc mesmo me disse, que  vc esteve durante oito anos na liderança e como os lideres de agora  foi um dos responsáveis pelo abandono q se encontra o imóvel: 12anos de iptu sem pagar, nunca foi feita uma cerca, nunca foi pensado em se regularizar a documentação e durante todo estes anos a unica pessoa q  apareceu por lá e cuidou do terreno desde da epoca de sua compra foi prabhu jaya guru das o  q pode ser comprovado por arvores e pes de fruta que vieram sendo plantadas ao longo de todos esses anos, hoje temos na propiedade pés de frutas, e arvores ornamentais como ibisco e boganville, etc... E isso ele tem feito buscando sempre o bem maior, na intenssao de que um dia o seu serviço  frutificasse em beneficio de toda a comunidade de devotos.  Desde o inicio ele na medida de suas limitadas possibilidades tem tentado trazer melhorias para propiedade tendo mandado fazer a planta do terreno bem como o pedido de agua e luz.  E se ele tivesse as segundas intenções como vc alega maldozamente ele não te teria entregado  o contrato com os papeis q estiveram nas mãos dele durante muito tempo.
Por favor, pare com este contra senso de que os "segundos invasores" tentaram proteger a propriedade de Srila Prabhupada; eles nem procuraram a administração para comunicarem o ocorrido.
   Como pode ser confirmado por aqueles que amam a verdade vai aqui o dia e  pela sequencia as pessoas que foram procuradas isso antes de eu mandar o meu alerta pela internet: dia 16/04 1ª pessoa: sri krshna de fco. da rocha- foi consultado pois um devoto q era o procurador do rasananda p. era da com. local mas nos foi indicado conversar com prabhu dasananda para quem teria sido passado a incumbencia de assuntos legais do terreno.
2ª pessoa consultada no mesmo dia: prabhu dasananda sp mand- se mostrou bastante surpreso me falou q a doc. estava toda nas mãos de aduaya pr. e q o iptu tinha sido colocado em dia, e q se eu podia ir para o cartorio tirar uma certidão da matricula do terreno para ele ver se tinha algum tipo de alteração recente na mesma.  Disse q fizesse esse favor e q eu seria reembolsado pelo valor gasto. Fiz oq me foi pedido e imediatamente relatei a ele q a matricula estava inalterada, q havia 2 homens no terreno iniciando uma cerca. De forma q requisitei q ele conseguisse uma prova de q a propiedade não estava abandonada(o  q na verdade seria dificil de prova-lo) mas existe o contrato de compra e venda e seria o suficiente para registrar um b.o. e embargar os invasores. assim ele me deu o tel. de aduaya .
19/04 3ª prabhu aduaya: no mesmo dia consultei o mesmo q como ja esta bem relatado se disse impedido de agir pois não teria sido aprovado o orçamento de 4.000rs pra atuar no caso do terreno e q so daria os papeis a quem o paramahansa indicasse.
19/04 4ª pessoa p. paramahansa: disse q não tinha mais nada a ver com a adm do templo q  a decisão estava nas mãos da nova adm. q ele ja havia opinado q eles usassem o dinheiro dos cofrinhos da casa propia para pagar os honorarios do aduaya mas q eles se recusavam , assim eles teriam que arrumar a solução pois ele naõ queria mais saber desse assunto e não iria mais nos atender.
 19/04 5ª pessoa pr. dassananda: retornado a dassanada ele confirmou a divergencia entre eles a respeito desse fundo q eles não aceitavam usar e q o orçamento q aduaya tinha dado era um absurdo e q eles teriam q gastar todo o fundo para arrumar algo com oq a nova adm. não teria em verdade compromisso pois ja vinha se desenrolando por varias administrações. Mas q ele iria se reunir com os devotos e me comunicaria o plano de ação deles no mesmo dia ele me retornou dizendo q tirthretma iria com aduaya em dia a ser marcado no terreno para uma analise da situação e medidas cabiveis, se precisassem de mim me procurariam.

  "Mil desculpas se te ofendi ao expor o quadro acima, mais uma vez te peço: se não puder ajudar em minimizar as reais dificuldades administrativas do adi templo, não se junte a pessoas que se dizem vaishnavas e fazem uso de drogas e pularam fora da ISKCON"
Aqui vou te responder na medida correta, pois se vc afirma que eu faço uso de drogas de forma aberta são duas opções o vc já testemunhou pessoalmente tal fato o q  levaria a pensar q vc estaria tb fazendo o uso, ou vc foi leviano o suficiente pra acreditar em alguma desocupada alma maledicente das q vivem por ai tentando criar defeitos e desqualificando os outros. Desculpa eu tenho q te falar isto, qdo vc aponta o dedo pra acusar alguem existem tres q estão virados pra vc mesmo, e isso me faz lembrar a pessoa da sua covivencia q te  fornece incenso,  em um encontro comigo me relatando que vc toma rabo de galo(acho q ele é mais intimo seu  do q qem te falou sobre mim)... qdo vc focaliza o defeito de alguem vc cria um link trazendo o mesmo para si mesmo.     
acho q se vcs  preza pela sua moral e reputação pare de ficar tentando desmoralizar pessoas bem intencionadas se prevalecendo de seu tempo de movimento, e encontre uma solução razoavel sabendo q toda a comunidade vaishnava q não é ingenua como vc parece pensar esta atenta e sabera discernir o q são fatos´e o que é futrica de pessoas q qerem apenas colocar cortina de fumaça no q é reamente relevante.

com uma palha entre os dentes 
me desculpo e ofereço meus pranams
a todos os devotos de sri krishna
 do aspirante 
jagannnath das

Vejam q este email tem como destinatario apenas jagannath e paramahansa,

 A DUPLICIDADE FICA EVIDENTE QDO ELE ESCREVE A OUTROS DEVOTOS:

José Cavalcante
Para:jagasw,paramahams1@yahoo.com.br
Data:28/04/2010 07:01
Assunto:Res: Esclarecimentos sobre o email "Haribol! protestem contra esta negligencia"

Caro Jaganatha Swami, não quero prolongar a discussão, que acho que já se torna inútil neste momento, mas quando à acusação de que nada foi feito, isto é novamente uma inverdade, porque no primeiro dia que recebi o comunicado enviei email a Rasananda Prabhu para ele fazer as procurações para podermos atuar no caso. Anteontem, no silêncio dele, eu reencaminhei o email e ele pediu uma aprovação expressa do secretário do GBC, Devamrta Swami, o que é razoável, porque ele está nos Estados Unidos e quer ter segurança sobre o que está acontecendo. 
 
Ontem mesmo reencaminhei o email de prabhu Rasananda ao presidente do CGB para contatar Devamrta Swami e explicar o que está acontecendo para que ele envie a autorização a Rasananda para que dê as procurações para fazer o registro em nome da Iskcon e atuar no caso do esbulho, porque a procuração que temos hoje limita-se à atuação no caso do IPTU.
 
Por isto acho que vc deveria parar de fazer especulações e acusações como se fosse o único interessado em resolver o problema, pois está falando com devoto que têm um passado de serviço e dedicação que vc não pode contestar.
 
seu servo
Advaya Dasa 

Escrito por jagasw às 17h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Caro prabhu Rama Kumara
 
Embora ache que vc poderia ter nos incluído em sua retransmissão, pois se vc acha que a solução caberia a nós poderia fazer a colocação diretamente, não apenas criar uma espécie de campo de pressão, concordo que todo devoto do movimento tem o direito de saber o que acontece, mas isto deve ser feito de uma forma amorosa, não como uma tentativa de difamação, como foi feito por Jaganatha Swami, que depois de nos contatar e nos fazer iniciar o processo de providências passou a fazer circular seu email na forma de uma denúncia, o que em palavras simplórias costuma ser conhecido como "trairagem".
 
Parece que ele acha que é a única pessoa do mundo interesada em resolver os problemas da missão de Prabhupada, mas tanto ele quantos demais devotos que residem perto do terreno ou que estão naturalmente preocupados com este problema atual nunca procuraram efetivamente desenvolver um projeto no local. A administração do templo de São Paulo é relativamente nova na condução dos problemas em relação à maioria dos devotos que ora reclamam, tendo herdado dores de cabeça que vêm desde a fase do templo na Angélica.
 
Por isto, quando um acontecimento desta natureza ocorre, a solução daqueles que de boa fé desejam que o que deve ser feito seja feito devem pelo menos evitar se colocar na posição de palmatória do mundo, pois se nada foi feito naquele imóvel até hoje isto é imputável, de uma certa forma, a todos os membros da comunidade do São Paulo Yatra.
 
Ocorre que quando assumi a frente dos assuntos jurídicos da Fundação Bhaktivedanta, em 2003, apresentei alguns problemas em reunião com membros do CGB e foi decidido que este terreno ficaria como uma reserva na eventualidade de perdermos uma ação de despejo e cobrança relativa ao templo da Angélica, feita pelo São Paulo Yatra e na qual a FB é fiadora. Essa dívida foi feita de 1009 a 2000, e hoje se aproxima dos 100 mil reais.
 
Portanto, qualquer projeto relativo a este terreno deverá considerar que ele é uma forma de pagar a dívida e que não é viável fazer nada nele neste momento além de preservar sua posse. Prabhu Paramahamsa já voltou a pagar os impostos atrasado e estamos aguardando uma ata de liberação de valores de uma poupança vinculada à compra da sede própria para renegociar os atrasados e pagar as despesas com a defesa judicial da posse e o registro legal da propriedade.
 
Isto é o máximo que posso informar para tranquilizar a todos. Já estamos providenciando com prabhu Rasananda, que mora nos Estados Unidos, as procurações para fazer tudo que é necessário, mas não se iludam, existe uma dívida que poderá precisar ser paga e qualquer projeto relativo ao terreno deve ficar em stand by até que os dois recursos que impetramos no processo sejam julgados definitivamente. Um deles deverá subir ao STJ dentro de alguns dias e o outro ainda vai ser julgado em segunda instância.
 
seu servo
Advaya Dasa
 
De: Daniel Mendes Ortolani <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">daniel@ortolani.com.br>
Para: José Cavalcante <
Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">joseamcavalcante@yahoo.com.br>; Rama Kumara Das <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">rama.rkm@gmail.com>; paulo santos <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">paramahams1@yahoo.com.br>

Enviadas: Quarta-feira, 28 de Abril de 2010 8:57:17
Assunto: Res: Esclarecimentos sobre o email

Só para constar: esse tal de Jagannatha do Embu disse em seu último email, que eu disse que teria considerado "absurdo" o orçamento do Prabhu Advaya. Na verdade, quando eu falei com ele da última vez, sequer tinha visto o orçamento do Prabhu Advaya!!!!!!

De qualquer forma, esse assunto está sendo resolvido administrativamente intra-ISKCON, portanto acho que ele sequer deve participar de nossas discussões.

Aliás... esse assunto está sendo tratado pela ISKCON do Brasil/Adi Templo Hare Krishna de São Paulo, com conhecimento das autoridades superiores da ISKCON, de forma que o assunto já está sendo resolvido!!!

Essa atitude de ficar mandando emails para os devotos para pressionar as autoridades da ISKCON a agilizar a resolução é uma palhaçada, e detona NENHUM respeito para com as autoridades constituídas. Em todas as suas ligações esse prabhu Jagannatha me pediu, ou insinuou pedir, a documentação do imóvel para, segundo ele, resolver o problema. Isso é ridículo! Ninguém, em sua boa consciência, iria entregar os documentos desse imóvel mais uma procuração para um estranho.

Se esse imóvel é da ISKCON, então essa documentação deve ficar com a ISKCON institucionalmente falando: seja com o Adi Templo Hare Krishna, seja com o CE-CGB, seja com o GBC, seja na BBT, seja em Nova Gokula, onde for!

Como diria Krishna, "essa é a minha opinião".

Seu servo,

Dasananda Gauranga Das
Depto. Financeiro do Adi Templo Hare Krishna de São Paulo

Daniel Mendes Ortolani
Advogado e Consultor Jur?dico


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: José Cavalcante <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">joseamcavalcante@yahoo.com.br>
Data: 28 de abril de 2010 09:15
Assunto: Res: Res: Esclarecimentos sobre o email
Para: Daniel Mendes Ortolani <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">daniel@ortolani.com.br>, Rama Kumara Das <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">rama.rkm@gmail.com>, paulo santos <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">paramahams1@yahoo.com.br>
Cc: Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">alina@ortolani.com.br, Avyakta Rupa <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">avyakta-rupa@subhadra.com.br>, dario alves correa netto correa <Saiba mais') }" href="javascript:vo


Prabhu Dasananda, eu neguei enviar cópias dos documentos para eles irem à delegacia para tentar remover os invasores porque se eles fizerem isto, não nós, poderemos ter um problema maior, visto que estão com N.M. e por uma ligação que recebi de uma devota de Campinas eles tentaram de alguma forma obter alguma declaração que fosse favorável a um usucapião, a qual, evidentemente eu respondi com um simples "não tenho nada a declarar".
 
Portanto, precisamos recuperar a posse do terreno e ficar de olho para que não tentem nada, pelo menos deixando uma placa no local dizendo que o terreno é propriedade da Iskco,  ou manter um caseiro morando lá em um puxadinho a ser construído. Se o terreno realmente valer os 500 mil que dizem que está valendo, está aí uma boa oportunidade de tentar vendê-lo, pagar as dívidas da Angélica e comprar outro terreno em local mais próximo para fazer um templo mais acessível a todos ou mesmo comprar uma casa já construída.
 
Eu passei um orçamento viável para o meu trabalho ali, mas a administração deve considerar outras possibilidades com outros devotos advogados, sem depender de voluntariado, que não funciona nestes casos. Precisamos ter um advogado que trabalhe com comprometimento profissional e possa ser cobrado pelos honorários que receber. Até os pujaris começaram a ser pagos quando os devotos realizaram no mundo todo que o serviço à Deidade era coisa séria e imprescindível, sem poder ficar dependendo de boa vontade de voluntários. Chega de amadorismo. Para Krsna, precisamos fazer o melhor e confiar que ele vai pagar a conta. 
 
seu servo
Advaya dasa 

respondendo o email das comadres:

Srisri guru e gouranga Jayato!!

           Não sei se é para causar espanto ou risos, que esse assunto, fique apenas restrito a alegações e acusações sem fundamentos e que a raiz do problema que é a manutenção do bem, é de efeito NULOOO!! e q como vc me pasou por email na data de ontem, alias mandado somente a mim, NOS TEMOS 1 ANO E 1 DIA PARA RESOLVER A QUESTÃO....e JA  q prabhu DASANADA não quiz sustentar o q me disse para manter as aparencias e se junta ao coro daqeles q não conseguem apresentar um caminho satisfatorio e plausivel e resumem somente a sua ação em apenas ficar levando acusações para denegrir a minha imagem e assim justificar a sua inoperancia, mandando esse email entre comadres q não incluiu copia para mim. Alerto q a estrategia de vcs esta se voltando contra  vcs mesmos, pois hoje em dia é dificil manipular informações neste mundo virtual, e algum destes q vcs selecionaram para receber estas mensagen s achou por bem reenvi-la a mim, e apesar de não ter coragem de se revelar este parece q ja esta qestionando suas estrategias,  criando uma cortina de fumaça, sobre a qestão de relevancia q é o projeto do embu. Alerto tb q aqeles qe falam ou postam declarações, e não teem firmeza e carater para mante-las, depois voltam atras q não era bem isso... hoje em dia é muito facil registrar e tornar publico o q as pessoas dizem, e o q dizer o quando é postado e assinado de propio punho,  para isso estas q respondo e as outras, registro em blog de minha autoria  deixo o end. a quem se interessar: jagasw.embu.zip.net. 
 Eu não sou inimigo da Iskcon ou de qqer outra linha vaishnava e nem me interessa os embrolios institucionais que só fazem criar muralhas entre as pessoas e impedir pessoas q adoram o mesmo deus, cantam os mesmos mantras são da mesma linha discipular possam se unir para um seva para o beneficio e bem comum de todos os devotos, guru e krshn a.  Mesmo ja tendo afirmado, de q não Sou Discipulo de Srila  Narayana Maharaj vcs continuam tentando colocar tudo sob esse prisma, pra encombrir os temas de verdadeira relevancia. Vou repetir o q penso sobre isso pra aqeles q tem discernimento não se confundam com alegações desencontradas: para mim a iskcon q foi onde iniciei minha vida espiritual na pratica não se resume a estatutos legais e hierarquias confusas q como vemos nesse caso so fazem por entruncar soluções q seriam simples. Ela esta inserida dentro da goudya sampradaya q vem adi guru Brahmaji ate Srila baktisidantha passando por Srila prabhupad, Sridhara maharaj, puri maharaj e os sucessores de suas respectivas missoes, por favor parem de ficar criando tensões q não existem entre devotos, isso é muito vergonhoso para toda a comunidade.  Alias Sriman Aduaya, pelo q sei VS. tb esteve durante muito tempo ligado a Srila Sridara maharaj e a sua missão e qdo isso ocorreu te consideravas inimigo de devotos de outras linhas? Vamos parar com isso, vamos semear a paz, vamos nos unir para pregar para o mundo aflito, vamos construir um templo, vamos fazer hari nama sankirtana.... lutemos contra maya e não contra devotos.        
   Mas mesmo com tanto desgaste e vendo a discussão se esvair com tantos temas adversos ao foco principa,l acho q objetivo de levantar o tema de um projeto e formação de um dhama esta sendo muito positivo se cada devoto puder analisar de forma isenta de aspirações pessoais pensando no que é bom pra Comunidade como um todo e contribuindo com a discussão temas e ideias produtivas para o progresso da conciencia de krshna. Hari bol!!!!


Jagannath swami das   



 

Escrito por jagasw às 10h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

29/04/2010


DE ADUAYA PARA JAGA:

De:

José Cavalcante
Para:jagasw
Data:28/04/2010 15:33
Assunto:Res: Res: Esclarecimentos sobre o email

Todas as declarações que fiz são mantidas. Inclusive a de que vc está tentando criar tumulto em vez de buscar medidas eficazes, que são possíveis somente na esfera judicial, como estão sendo preparadas.
 
Se sua intenção fosse resolver, aguardaria as providências depois da informação que prestou, não se antecipando a fazer um site de denúncia no orkut que só serve para gerar ansiedade e má imagem para o vaishnavismo.
 
Não confio em suas boas intenções, porque vc me excluiu de seu email inicial de difamação um dia depois de falar comigo e ouvir que iríamos iniciar a atuação judicial. Eu não enviei este email com cópia para vc porque tenho direito a enviar emails para meus amigos e esperar que eles não o propaguem, mas o que disse no email eu repito, porque a M. Candravali fez de tudo para que eu fizesse uma declaração oficial sobre o assunto quando eu lhe disse que "não declaro nada". Depois ela me informou que estava gravando a conversa e foi advertida de que deveria me informar que estava gravando para publicar algo em um site, coisa da qual ela me disse que desistiu.
 
Portanto, na atual situação, acho mais seguro as terras nas mãos de grileiros declarados do que de "amigos" que agem com duplicidade.
Não me aborreça mais com seus emails e me retire de suas listas, porque não tenho interesse nenhum em me comunicar com pessoa do seu naipe. Eu também não autorizei ninguém a divulgar o email que enviei para um grupo de pessoa em quem confio a encaminhá-lo a você, mas já que recebeu, que fique ciente do que eu penso e repito para você e para quem quiser. 
 
Também não autorizei vc a publicar nenhuma mensagem minha em site de orkut, porque estava me dirigindo a um grupo de pessoas que suponho sejam devotos e não queiram expor publicamente problemas da nossa missão, que devem ser resolvidos da maneira adequada. Se eu quisesse resposta na sua ridícula comunidade, eu mesmo teria postado lá.
 
 
 

José A. M. Cavalcante

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Rama Kumara Das <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">rama.rkm@gmail.com>
Data: 29 de abril de 2010 06:27
Assunto: Re: Esclarecimentos sobre o email
Para: Daniel Mendes Ortolani <Saiba mais') }" href="javascript:void(0);">daniel@ortolani.com.br>


Prezados vaishnavas, por favor aceitem minhas sinceras reverencias!
Todas as glórias sejam a Srila Prabhupada!

Para os novatos que ainda nao sabem muito do passado, informo que o tal Jagannatha do Embu que enviou o email, foi Brahmacari por muitos anos e lembro de ouvir varias vezes o P. Sridhara de Belem falar nos corredores quando o mesmo era presidente do Adi templo SP em 1990, que o  Adi templo era totalmente mantido pelo tal "Jagannatha do Embu" que era campeão de Sankirtan e foi premiado pela BBT com passagem para India.

Hoje não sei exatamente onde ele mora ou o que faz no dia a dia, e minhas indagações nao são acerca da vida de prabhu Jagannatha e nem de ninguem, nao me interessa a vida pessoal de ninguem, não quero entrar de gaiato em briguinhas pessoais, meu unico interesse é na solução e acompanhamento do problema  do terreno no Embu.

Mas hoje foi por intermedio de P. Jagannatha que o caso Embu esta sendo mais esclarecido, e esse problema  realmente precisa de atenção, mas fico chateado por ver que ao inves de falarem de  soluções, alguns ainda cometem a gafe de ofender outros, mudando o foco do problema e dando inicio a muito desencontros de informações, enquanto o problema com o terreno do Embu continua existindo e esta vinculado diretamente a conquista  da casa propria.

É de direito  dele (P. Jagannatha) sim, meu tambem e de outros questionarmos as autoridades sobre o rumo das coisas que colaboramos, torço para que daqui 20 anos os atuais adm do Adi templo não passem por essa experiencia de  alguem que esteja como autoridade nao querer que eles participem ou questionem algo que diz respeito a algum serviço que eles fazem agora no presente.

Como alguem que trabalhou arduamente para a compra do terreno do Embu nao deve se interar sobre o problema e estar no meio dessa discussao nos emails?

Devemos quebrar barreiras e caprichos pessoais para alcançarmos um objetivo em comum, quantos devotos quiseram participar de projetos e fazer serviços na ISKCON e foram barrados e desestimulados por burocracia e falso ego? Isso prejudica diretamente a missão de Srila Prabhupada!

Agora relato aqui de maneira bem resumida minha participação no que diz respeito a esses assuntos mencionados nessas trocas de e-mails ; Embu, ajuda ao Adi templo e campanha para casa propria:

Quando sai do Gurukula fui residir no  Adi templo que era na Av. Angélica e eu fazia sankirtan diarimente durante muitas horas e entregava todo resultado para a manutenção do Adi templo e compra do terreno Embu, sendo assim fiz corretamente minha parte e contribui, nao estou reclamando e não me arrependo nenhum pouco disso.

Depois veio a época que estive como lider do Adi templo que havia se mudado da Av Angélica para a  Rua Paraíso, e eu mesmo pedi a Prabhu Paramahamsa que abrisse uma conta bancaria para a finalidade de nela ser depositada as doaçoes que receberiamos em prol da compra da casa propria do Sr. Jagannatha e demos inicio a campanha, eu mesmo tive a ideia e dei inicio ao sistema de arrecadação atraves dos cofrinhos que foram entregues a toda congregação de SP, essa arrecadação tambem era depositada na conta bancaria da casa própria.

Depois de ter aberto a conta bancaria, eu pessoalmente consegui a primeira doação com um casal  indiano que doaram 1 mil e tantos dolares e este foi tambem o primeiro valor a ser depositado na tal conta.

Quando fui lider do Adi templo ja na rua Paraíso me comprometi com a realidade local, nao dei Lakshimi para ajudar a pagar os impostos do terreno do Embu o qual eu ja havia ajudado comprar, mas no tempo que estive como adm do Adi Templo na rua Paraíso, deixei o aluguel todo em dia e fui até elogiado pela proprietaria, sai da adm do adi templo sem deixar dividas com aluguel, agua,luz ou tel (essa não é uma contribuição?)

Agora pelo que entendi aqui, todos esforços, campanhas e fé que eu e muitos depositamos na conquista da casa própria servirá apenas para que se utilize o Lakshimi que esta na conta bancaria da campanha da casa própria  para quitar uma dívida de quando o Adi Templo era na Av. Angélica, mas o proposito da campanha da casa propria nao era para esse fim como o proprio nome da campanha ja diz!!
O propósito de todo trabalho com arrecadação por meio dos cofrinhos tambem nao era para esse fim e sim para a sede própria!

Agora, quem confiara na proxima campanha para a compra da sede própria???
Quantos devotos prometeram ajudar com doaçoes de Lakshimi e até agora nao fizeram porque não se sentem seguros para isso, porque sera?
Pois parece que os meios nao sao utilizados para seus fins!
Deve haver um projeto e trabalho para cada coisa e nao despir um santo para vestir o outro!!

Esta é uma linha lógica de raciocinio diante dos fatos.

Finalizando...
Vamos dar valor a união e ao bom nível de vocabulario!
Criticas constutivas não só as aceito como tambem peço-as a voces, mas gostaria de não ser ofendido ,pois isso poderia me fazer lembrar dos defeitos dos outros tambem, e nao desejo chegar a esse ponto.

Desejando o bem de todos e da ISKCON
Rama Kumara das-HDG

A adm. de Sp mandir depois de quase um mes do desenrolar dos fatos resolveram se manifestar, espero q eles não mantenham a mesma morosidade para encontrar uma solução viavel:

De:Departamento de Comunicação - Adi-Templo Hare Krishna
Para:Rama Kumara Das
Data:04/05/2010 16:52
Assunto:Re: Esclarecimentos sobre o email "Haribol! protestem contra esta negligencia"

Haribol, queridos devotos. Por favor, aceitem nossas reverências. Todas as glórias a Srila Prabhupada

Não temos interesse em reavivar qualquer bate-boca a respeito deste assunto, e não pretendemos responder novamente a estes e-mails, mas parece-nos que alguns esclarecimentos se fazem necessários,nós da administração do Adi-Templo Hare Krishna de São Paulo, como é de conhecimento de todos, estamos cientes, desde o ocorrido, da triste invasão do terreno do Embu. Como a situação é grave, estamos avaliando todas as possibilidades de atuação, antes de tomarmos uma decisão - decisão essa que tomaremos com pleno conhecimento das autoridades do Conselho Executivo do Corpo Governamental Brasileiro, como tem sido desde o início.Temos todos os elementos para tomar uma decisão madura e correta, em perfeita consonância com as diretrizes de nossa Instituição. Conhecemos, detalhadamente, os problemas enfrentados pela ISKCON em São Paulo, seus ativos, seus passivos, os projetos antigos, os projetos recentes, e alguns que ainda nem saíram do papel, bem como temos amplo conhecimento de como os históricos problemas financeiros do Templo atingem outros yatras, como o de Nova Gokula.Aparentemente alguns devotos estão com a impressão de que a equipe administrativa do Adi-Templo não quer que a congregação participe ou faça questionamentos a respeito do assunto em discussão, e que não estaria disposta a dar esclarecimentos nesse sentido. Entretanto, percebe-se que em momento algum o Adi-Templo Hare Krishna se negou a dar informações da situação para qualquer devoto que seja. Mas da mesma forma, a Administração do Adi-Templo Hare Krishna se recusa a ceder a pressão e alarmismos ingênuos, que não só não solucionam o problema, como atrapalham a fluidez administrativa do Adi-Templo como um todo.Todos os devotos que procuraram a administração de São Paulo para obter informações a respeito do assunto foram esclarecidos da melhor maneira possível. Os próprios devotos que trouxeram a notícia da invasão do terreno conversaram extensamente com Dasananda Gauranga Das e Tirthatma Nitai Das, que em nenhum momento se negaram a dar informações de qualquer natureza ou a colaborar para resolver esse problema.Enviar um e-mail com apenas metade das informações sobre o assunto para pessoas que, ainda que possam ser autoridades da ISKCON no Brasil, não têm envolvimento direto com a administração do Adi-Templo não é um modo válido de buscar por respostas. Na verdade, o que acaba parecendo é uma campanha em favor da desinformação, da confusão e do alarmismo, ainda que involuntária. Qualquer pessoa que tivesse optado por nos procurar, ao invés de procurar a pessoas que provavelmente não detém informações atualizadas ou tão detalhadas sobre o caso, teria recebido as respostas que procura.A Administração do Adi-Templo Hare Krishna está galgando patamares cada vez maiores em qualidade de gestão, administração financeira e pregação no yatra paulista, o que nos deixa, enquanto equipe, muito contentes e satisfeitos, sempre mantendo em mente que podemos melhorar no serviço à missão de Srila Prabhupada.Sabemos do histórico desse terreno, bem como sabemos o que ele representa para o yatra paulista. E sabemos na exata medida: sem menosprezá-lo, mas sem o encararmos com ufanismo e sentimentalismo desmedido. A equipe administrativa de São Paulo conta com dois advogados membros com 13 anos de experiência na área jurídica cada um, além de manter contato com a ISKCON Justiça e outros devotos de conhecimento jurídico inegável, de sorte que tem todo o respaldo necessário para tomar as medidas legais cabíveis no interesse da Instituição.Criar alarde sobre um assunto do qual não se tem informações minimamente atualizadas e/ou acuradas é que efetivamente cria barreiras na comunicação entre os devotos, e dificulta aos administradores realizarem seu trabalho. Se, em vez de condenar sem ouvir a administração atual do Adi-Templo (ou mesmo os devotos que vêm ajudando a resolver esse assunto há tempos, como Paramahamsa prabhu e Advaya prabhu), os devotos “indignados” com a situação tivessem procurado tais pessoas, não haveria necessidade desta troca verborrágica e, em alguns momentos até mesmo ofensiva, de e-mails.Assim, e para não mais perder tempo em discussões virtuais que nada resolvem, e apenas atrasam o bom deslinde da questão, a Administração de São Paulo entende por encerrada esta “discussão virtual”, estando, obviamente, abertas a perguntas individuais e pessoais, sem se submeter a sensacionalismos de qualquer espécie.Se mesmo depois de tantos e-mails a respeito alguém ainda tiver alguma dúvida sobre o assunto, estamos todos à disposição aos domingos no Adi-Templo, como a maioria dos destinatários desta mensagem já sabe, e estamos dispostos (como sempre estivemos) a esclarecer quaisquer dúvidas a respeito deste (ou de qualquer outro) assunto. Só o que precisam fazer é perguntar.Seus servos da administração de São Paulo,

Ananda-Maya Devi Dasi (BTS)

Ananda Vrndavana Devi Dasi (PGP)

Dasananda Gauranga Das (JPS)

Madhumati Radhika Devi Dasi (JPS)

Tirthatma Nitai Das (JPS)

Sri Vraja Sundara Das (PGP)

Escrito por jagasw às 10h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
 

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 36 a 45 anos, Sanskrit, Latin, Viagens, Casa e jardim

Histórico